Só Gosto do Cara Errado - Laura Conrado

Livro: Só Gosto do Cara Errado
Autor (a): Laura Conrado
Editora: Editora Novo Século
Ano: 2013

"Priscila é uma adolescente de 14 anos que, como qualquer outra garota, deseja ter um namorado. O problema é que ela acumula paixões por caras impossíveis, comprometidos, e que não levam nada a sério. Até que surge em sua escola o Cristiano, um gato de covinha por quem Pri se apaixona. Ela faz de tudo para atrair a atenção de Cris com a ajuda de suas inseparáveis amigas: Ana Luiza, Júlia e Rafaela. Contudo, a necessidade de se mostrar perfeita começa a prejudicá-la no colégio e a faz se desentender com uma de suas melhores amigas. Para piorar, o esforço de Pri em agradá-lo parecia não surtir efeito, afinal, o rapaz vivia sumindo. Chateada, ela pede ajuda à mãe, que a encaminha para a psicoterapia."

*Livro cedido através do Booktour Só Gosto do Cara Errado.

Oie, tudo bom?

Eu comecei a me interessar por esse livro quando vi pela primeira vez a capa com essa cor roxa tão bonita. Não me julguem porque me apaixonei primeiro pela capa, rs. Nessa época eu ainda não sabia que ele tinha sido escrito para abranger os leitores infanto-juvenis do livro Freud, Me Tira Dessa. Só Gosto do Cara Errado faz parte de uma série e cada livro dará foco a uma das meninas do grupo de amigas da história. Priscila, Ana Luíza, Rafaela e Júlia são adolescentes de 14 anos que estão naquela fase (que todas passamos) de se apaixonar pelo cara errado.

Nesse primeiro livro a protagonista é a Priscila, apaixonada por Cristiano, um cara do ensino médio, bonito e charmoso. O problema é que ele nunca está disponível 100% para ela. Eles conversam por mensagens no celular/bate-papo e ele é gentil e simpático. Porém, em alguns momentos ou durante as festas, Cristiano não demonstra nenhum interesse ou a ignora.

Outra coisa que a incomoda é a necessidade de virar outra pessoa para ficar bonita para ele: arrumar o cabelo, maquiagem e ficar praticamente cega por não usar o óculos. Acredito que a autora abordou um assunto que é muito comum entre as adolescentes, pois elas estão cada vez mais artificiais e forçadas em nome da aparência.

"Vou ter que viver de escova e prancha. E rezar para nunca mais chover."  (pág. 32)

É um livro juvenil, ideal para que tem 14 ou 15 anos, mas com uma narrativa leve para todas as idades. A Laura Conrado soube criar um texto fácil, jovem e divertido de ser lido. Há algumas situações que me levaram ao passado e me vi com 15 anos sentindo aquele frio na barriga quando encontrava o garoto que eu gostava. Outra situação que me deixou saudosista foi a lista de menina mais bonita na sala porque isso ocorria na minha escola.

A psicologia na narrativa foi bem colocada através da personagem Virna, a psicóloga que Pri passa a frequentar. Muitas vezes nós não enxergamos os problemas que nos afligem e tentamos nos enganar encontrando outras razões. A protagonista tinha muitos motivos para gostar apenas do cara errado, a separação de seus pais era uma delas, mas ela precisava de um empurrão para descobrir isso sozinha.

"Nós não nos damos a conhecer somente pelo o que falamos, mas também pelo o que não dizemos, pelo o que falamos brincando, pelos sonhos que temos quando dormimos..." (pág. 67)

"A pena que eu sentia de mulher sozinha era tanta que acreditava que homem era tábua de salvação." (pág. 119)

O grupo de amigas formado por Priscila, Ana Luíza, Júlia e Rafaela é bem eclético, divertido e diferente. Eu me identifiquei com a Ana Luíza porque eu era meio nerd na escola. A amizade nessa etapa da vida é muito importante e foi bem trabalhada no livro com o uso de mensagens de celular e bate-papos da internet. A única coisa que me incomodou foi quando Pri e Ana Luíza se desentendem por um determinado motivo e a protagonista tem uma reação que não aprovo.

Só Gosto do Cara Errado é um livro leve, rápido (apenas 166 páginas), divertido e jovem. Vai fazer você recordar os áureos tempos da adolescência.

Beijos!

21 comentários

  1. Eu tenho vontade de ler esse livro, e claro presentear uma pessoa por que o titulo me chamou muito a atenção, a Laura é bem simpática conhecemos ela na Bienal né!
    Bom vou arriscar o livro é pequeno e tem uma leitura bem fácil né!
    bjkas
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
  2. Oii Aline!! Não conhecia o livro mas adorei a temática. É bom existir histórias que mostram para as meninas dessa idade a adolescência não é o fim do mundo... vai passar! O importante é sermos nós mesmas, nada de mudar para agradar ninguém! Concordo que a amizade nessa etapa da vida é muito importante, muitas das minhas melhores amigas até hoje são dos tempos de escola... e o que resta são as muitas risadas nos encontros hoje em dia, lembrando de uma época que parece tão distante!!

    Adorei!

    Beijos,

    Mari
    cantinhodeleituradamari.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário tão construtivo Mari!
      ;)

      Excluir
  3. Quero muito ler esse livro, pois a estória parece ser bem fofinha! :3

    Beijos
    Rafa-Eu + Livros
    blogeumaislivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Aline, tudo bem?
    Consegui um tempo vago e vim lhe visitar. Bem, o livro para ser ótimo, principalmente para aqueles ou aquelas que estejam passando pela adolescência. Uma pena que quando eu estava nessa idade não tinha o livro. Minha vontade mesmo é ler Freud, Me Tira Dessa. Se souber de book tour me avise, rs.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oi flor

    Nao te julgo, o que primeiro me chamou a atenção foi a capa também. Linda né? Gostei de saber mais sobre a historia, estou mais convencida do que nunca a ler esse livro. Tenho a impressao de que vou me identificar mais com esse Ana Luixa tambem. Nerd power! Haha

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oie!

    Não tinha me interessado pelo livro, mas lendo sua resenha fiquei curiosa. A temática é boa.

    Beijos*

    ResponderExcluir
  7. Oi.

    Não conhecia este livro, mas devo dizer que já fiquei bem curiosa. rs espero ter a oportunidade de ler.

    Não fui muito com a cara da capa. rs mas parece ser muito legal.

    Beijos
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, parceira! :)
    Não é muito o meu estilo de leitura, não sei se leria, mas que bom que você gostou, né?
    Parece ser uma leitura bem leve e descontraída mesmo. :)
    Beijos!

    Café com Leituras!
    http://cafecomleiturasneriana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Ainda não conhecia esse livro, mas gostei da resenha.
    Ele parece ser bem legal.

    BjO
    http://the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi guria.
    Adorei seu modo de abordar a história na sua resenha porque demonstrou bem que é um livro voltado ao público infanto-juvenil mas isso não impede de ter momentos divertidos durante a leitura.
    Infelizmente nessa fase de adolescente é muito comum querermos ser alguém que seja notada por aquele gurizinho que gostamos, até um ponto que conseguimos finalmente pensar e perceber que perdemos personalidade com esse fato.
    Fiquei interessada no livro e acredito que vale muito a pena, ainda lerei *-*
    http://romances-para-te-fazer-feliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá flor...
    Eu já me vi voltando uns anos atrás só com a sua resenha. Esse livro parece ser super legal... Fico imaginando a minha filha nessa idade e apesar das características serem as mesmas no fato do frio da barriga, o nervosismo, aquela coisa toda de mudar para agradar a quem gosta, hoje os tempo são diferentes e os adolescentes estão super espertos rsrsrs. Mas gostei muito da premissa do livro. Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi! ^^
    Interessante a história do livro. Eu sempre me apaixono pelo cara errado. Afinal, nenhum deles nunca aceitou minha paquera... e nenhum outro me paquerou para que alguém pudesse dizer que eu é que sou muito exigente. Simplesmente fui invisível para eles durante minha adolescência e continuo assim, a diferença é que agora não me importo tanto assim. Não há como voltar ao passado e eu não terei história de nenhum romance de adolescência para contar aos meus netos, se é que algum dia terei netos.. tá difícil... XD

    Acho que esse livro, como você mesma disse é uma leitura leve e jovem. Gosto de livros assim de vez em quando. Vou olhar esse livro com mais atenção na próxima vez em que for à livraria.

    Beijusss;
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É ótimo para leituras eventuais de quem não curte muito livros românticos.
      Indico Helaina.
      ;)

      Excluir
  13. Gente, eu já tinha ouvido falar desse livro, mas ainda não tinha parado para ler nada sobre ele. Eu achava que era um livro mais adulto, por ser uma menina que tem alguns amores e tal, achei 14 anos muito jovem pra ta tendo esse tipo de reflexão, não sei, mesmo você comentando sobre a leveza da narrativa, fiquei com uma impressão meio negativa do livro.

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Denise, acho que condiz com os dias atuais, pois as meninas estão cada vez mais precoces.
      ;)

      Excluir
  14. Também amo capas e as vezes compro livros visando a capa, mas já comprei só a capa várias vezes também, porque há livros que a beleza está na capa e mais nada.
    Agora a pessoa se mudar para agradar os outros e´a pior coisa, e nessa fase é muito comum isso. Esse livro mostra muito do que ocorre entre turminhas e relacionamentos nessa fase. Parece ser bom. Gosto de livros assim.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Siga-nos no Networked

Siga-me no BlogLovin

Follow on Bloglovin