Marina - Carlos Ruiz Zafón

Livro: Marina
Autor (a): Carlos Ruiz Zafón
Editora: Suma de Letras
Ano: 2011
ISBN 978-85-60280-76-6

"Neste livro, Zafón constrói um suspense envolvente em que Barcelona é a cidade-personagem, por onde o estudante de internato Óscar Drai, de 15 anos, passa todo o seu tempo livre, andando pelas ruas e se encantando com a arquitetura de seus casarões. É um desses antigos casarões aparentemente abandonados que chama a atenção de Oscar, que logo se aventura a entrar na casa. Lá dentro, o jovem se encanta com o som de uma belíssima voz e por um relógio de bolso quebrado e muito antigo. Mas ele se assusta com uma inesperada presença na sala de estar e foge, assustado, levando o relógio."

Oie, tudo bom?

Quando comprei Marina eu não fazia ideia de como era sua história ou narrativa e acabei sendo surpreendida positivamente com o livro. Eu nunca tinha lido nada do autor, mas sempre escutei elogios da sua obra. A Duda o blog Book Addict é uma fã do Carlos Ruiz Zafón e sempre recomendou o autor nos seus vídeos. Descobri que Marina é uma obra sensível, forte e surpreendente.

O protagonista, Óscar Drai, é um garoto de 15 anos que vive em um internato na cidade de Barcelona, na Espanha. Ele é solitário e gosta de andar pela vizinhança observando as casas abandonadas até que um dia acaba entrando em uma dessas residências. Porém, dentro dela, ele escuta uma música tocando e encontra um relógio de bolso quebrado. Quando uma pessoa aparece, Óscar se assusta e corre, mas acaba levando o relógio junto com ele.

Quando ele resolve devolver o objeto, acaba conhecendo Marina, uma menina que tem aproximadamente a sua idade e vive com o pai Gérman na casa. Ele começa a visitar os dois nos momentos vagos que tem entre as aulas. A vida de Marina e Gérman é desvendada aos poucos e o encantamento do protagonista pela família só cresce.

A história se passa no fim da década de 70 e possui muitas descrições da cidade e seus bairros. O autor consegue criar uma narrativa delicada, misteriosa e interessante no decorrer dos capítulos.

"Às vezes, as coisas mais reais só acontecem na imaginação, Óscar. A gente só se lembra do que nunca aconteceu." (pág. 68)

Óscar fica encantado com a menina e logo os dois iniciam uma amizade. No primeiro passeio deles, ela o leva ao cemitério local para conhecer uma mulher que anda com um manto negro e que sempre visita o mesmo túmulo. Curiosos, eles começam a segui-la e acabam envolvidos em uma história cheia de mistérios. É nessa busca que surge o personagem Mijail Kolvenik, dono de uma empresa de peças ortopédicas e próteses. Mijail tem um passado misterioso que acaba sendo descoberto aos poucos por Óscar e Marina.

Esse livro tem uma proposta bem diferente do que eu imaginava quando li sua sinopse, mas me surpreendeu positivamente. Foi maravilhoso descobrir os mistérios que o autor criou durante a narrativa. Eu também curti a leitura porque é um livro ambientado na Espanha, um país esquecido no universo literário. Sobre a Marina, ela é uma garota especial que marca a vida de Óscar, de seu pai Gérman e dos leitores.

"Foi então que o velho pintor levantou os olhos. Bastou ver aquele olhar para entender toda a verdade. E entendi com a brutal clareza com que os sonhos se desfazem no ar. Como um punhal frio e envenenado que se crava na alma sem remédio." (pág. 176)

A leitura do livro é tranquila, instigante e envolvente. A narrativa fluiu tranquilamente e indico o livro para os apreciadores de mistérios e de uma história bem contada. Fiquei encantada com a escrita do autor e pretendo ler os outros livros lançados por ele.

DICA: Não leiam a sinopse do Skoob desse livro, pois ela é praticamente um resumo. =)

Beijos!

29 comentários

  1. Oi Aline!
    Olha faz tempo que eu quero conhecer a escrita deste autor. Quero muito ler este livro.
    Beijos*

    ResponderExcluir
  2. Oi Aline! Sempre ouvi falar muito bem desse livro e pretendo ler no ano que vem. Nunca li nada de Zafón, mas me parece um autor muito bom! Parabéns pela resenha!
    Beeejo!

    PS: tá rolando um sorteio do livro A Passagem, de Justin Cronin lá no blog. E já adianto que tá super fácil de participar, hein... Passa lá e boa sorte!

    http://maisumapaginalivros.blogspot.com.br/2013/10/promocao-mais-um-livro-na-estante.html

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Eu não conhecia a história, mas já ouvi falar muito bem do autor... Como você indicou o livro para quem curte mistérios, acho que me encaixo no perfil rs
    eu amo um bom mistério.
    bjs
    http://www.letrasdanana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Marina é incrível,fascinante. Conheci a obra através da minha mãe, que foi num sebo e viu o livro com meu nome e trouxe, e junto com esse trouxe também A Sombra do Vento do mesmo autor, aconselho a ler esse também, afinal Zafón é incrível. Ah, adorei a resenha ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Marina, também curti muito a escrita do autor.

      Excluir
  5. Oi Aline! ^^
    Estuo com esse livro na minha estante faz um tempão. Acho que vai ser o próximo que eu vou ler! Sua resenha me deixou ainda mais curiosa!

    Beijusss;
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oie amiga querida, tudo bem com vc?
    Olha, estava lendo sua resenha, porque eu nunca li esse livro.
    Já vi várias vezes na livraria quando eu trabalhava e até hj eu vejo, mas nunca me chamou tanta atenção como agora.
    Me parece ser interessante a narrativa e tudo mais.
    Vou procurar saber mais dele, porque sinceramente n sei porque nunca tive interesse de ler ele O.o
    Estranho né? Mas acontece ! hahahaha

    Enfim...Se cuida minha querida e parabens pela sua resenha
    ficou otima
    bjokas

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Sempre ouvi falar muito de zafón, fiquei bem tentada em comprar Marina na bienal, agora que li sua resenha me arrependi de não ter comprado, mas sim, o autor é muito badalado!
    Ai que curiosidade!
    Beijos chará!

    ResponderExcluir
  8. Oi Aline.
    Meu primeiro contato com Zafón foi através de Marina, e confesso qua achei a história um tanto sinistra a princípio, mas depois me acostumei.
    A leitura pra mim não fluiu com muita facilidade, não consegui me envolver na narrativa logo de cara, mas o mistério foi me conquistando aos poucos.

    Até mais.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  9. Aline, eu adorei esse livro, também me surpreendi muito. Sua resenha ficou excelente!

    Bjs, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  10. Simplesmente amei Marina. Quando comprei, não imaginava que fosse ser tão fininho, muito menos tinha ideia sobre o que de fato se tratava. Foi o primeiro livro de Zafón que li e fiquei apaixonada pela sua escrita. Que bom que você também gostou. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  11. Só li um livro do Zafón e realmente a escrita dele é ótima! Desde então fiquei com vontade de ler outras coisas dele e certamente Marina está na lista.


    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  12. Comecei a ler Zafon recentemente e estou adorando, comecei com a trilogia da Névoa, mas em breve vou para os outros livros do autor e provavelmente esse será o 1º.

    Andy_Mon Petit Poison

    ResponderExcluir
  13. Oi, Aline! Tudo bem contigo? Ta sumida, parceira! :)
    Eu adorei sua resenha e espero ler alguns livros do autor em breve. Até porque todo mundo elogia muito os livros escritos por ele e eu ainda não tive oportunidade de conhecer. :)
    Beijos!

    Café com Leituras!
    http://cafecomleiturasneriana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi,
    Nunca li nada do Carlos Ruiz Zafón até hoje, apesar de muitos, realmente, adorarem os livros dele. Sempre me recomendam, mas ainda não tive a oportunidade de conhecer o seu trabalho, infelizmente.
    Do autor, tenho o "Príncipe da Névoa", que é um romance mais leve, mais juvenil, e, na verdade, dotado de uma premissa um pouco mais interessante, até.
    Mas "Marina" é muito elogiado por aí também. Que bom que gostou :D

    Att
    João Victor
    http://amigodolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Ei Aline! :D
    Eu sou louco para começar a ler os livros do Zafon =)
    Mas não sei por qual eu começo.. ;x

    ResponderExcluir
  16. Oie Aline =D

    Você acredita que ainda não li nada do Zafon?! Morro de curiosidade, mas como os livros dele são meio carinhos sempre deixei de lado =/

    Espero que logo apareça uma boa promoção para que eu possa comprar pelo menos um livro do autor, e desse forma matar minha curiosidade rs...

    Ótima resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  17. Oii Aline, tudo bem??

    Sempre quis ler os livros dele!! Esperei meses e mais meses os livros do Cemitérios dos Livros Esquecidos entrarem em promoção! Comprei os 3 há pouco tempo!! Curiosa para ler todos, Marina parece ser legal!

    Beijos,

    Mari
    cantinhodeleituradamari.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Flor, já tentei ler três livros do autor, este inclusive, mas sabe que não consegui gostar? Acho que nao é pra mim!

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oiee

    Ainda não li esse livro mas quero muito ler, ja li outros livros do autor e ele escreve muito bem eu adoro ele!

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  20. Sempre quis ler algum livro do Zafón, mas ainda não o fiz. Pretendo começar por O Nome do Vento e depois vou seguir com os outros. É um dos autores que eu mais tenho interesse em conhecer e essa resenha me estimulou ainda mais. Marina parece ser um ótimo livro mesmo, não vejo a hora de ler. Adorei a resenha! ;D

    ResponderExcluir
  21. Oi Aline,
    Gostei muito da sua resenha. Tenho grande curiosidade em conhecer os suspense de Záfon! Marina realmente deve ser um livro rico em detalhes, o que gosto bastante em histórias que tratem de tempos mais antigos.
    A capa é linda e representa muito bem a atmosfera lírica e única do livro. Ora suspense, ora drama, parece que o livro tem os pés fincados no fantástico, pois a todo momento existe a oscilação entre o real e o fantástico.
    Adorei!
    Bjus

    ResponderExcluir
  22. Sou super fã de Zafón e quero todos os livros dele, fato. Depois da série do Cemitério dos Livros Esquecidos, não tem como não se apaixonar.
    Tenho Marina e ainda não li. Tô mesmo com saudade da escrita maravilhosa desse espanhol que me conquistou.
    Quero ler em breve, brevíssimo.

    ResponderExcluir
  23. Essas sinopses que revelam tudo é terrivel! Só li até hoje do autora A Sombra do Vento, e amei a narrativa, como ele expressa nas palavras e a história. E creio que o Marina também é da mesma forma.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Siga-nos no Networked

Siga-me no BlogLovin

Follow on Bloglovin